Televendas (11) 4116-7204

5 Incríveis Formas de Diminuir o Açúcar Sanguíneo com a Canela

Postado por All Nuts - 09/02/2018 10:02:07
← Post anterior Post seguinte →

Se você é uma das pessoas que se interessam por alimentos que auxiliam na diminuição dos níveis de açúcar sanguíneo, esse post é perfeito para você! Aqui você irá conhecer a canela, uma especiaria muito utilizada ao redor do mundo, podendo ser adicionada à pratos doces e salgados. Ela fornece muitos benefícios à saúde, incluindo a habilidade de diminuir o açúcar no sangue e auxiliar no manejamento da diabetes. Esse artigo te diz tudo o que você precisa saber sobre a canela e seus benefícios!

 

O que é a Canela?

Canela é uma especiaria aromática derivada da casca de árvores Cinnamomum, podendo ser de várias espécies. Enquanto você pode associar a canela com rolinhos e cereais matinais, ela tem sido na verdade utilizada por milhares de anos na medicina tradicional e na preservação de comida.

Para obter a canela, o interior da casca de árvores Cinnamomum deve ser removido. Em seguida, a casca passa por um processo de secagem que causa o seu enrolamento, produzindo os rolinhos de canela, que podem ser processados em pó de canela.

Diversas variedades diferentes de canela são vendidas e elas são tipicamente categorizadas em dois tipos diferentes:

Ceilão: Também chamada de “canela verdadeira”, é o tipo mais caro.

Cassia: Mais barata e encontrada em quase todos os produtos alimentícios contendo canela.

 

E você precisa saber que...

 

1. Canela possui antioxidantes que fornecem muitos benefícios à saúde

Uma rápida olhada nos valores nutricionais da canela podem te levar a não acreditar que ela é um super alimento. Apesar de não conter muitas vitaminas e minerais, ela contém grandes quantidades de antioxidantes, o que fornece seus benefícios à saúde.

De fato, um grupo de cientistas compararam o conteúdo de antioxidantes de 26 tipos diferentes de ervas e especiarias, e concluíram que a canela possui a segunda maior quantidade de antioxidantes entre eles (perdendo apenas para o cravo). Antioxidantes são importantes porque auxiliam o corpo a reduzir o estresse oxidativo, um tipo de dano às células causado por radicais livres.

Um estudo mostrou que ao consumir 500 mg de canela extraídas diariamente por 12 semanas, houve diminuição do marcador de estresse oxidativo em adultos com pré-diabetes. Isso é significativo, já que o estresse oxidativo tem sido implicado no desenvolvimento de praticamente todas as doenças crônicas, incluindo diabetes tipo 2.

 

2. Canela pode imitar a insulina e aumentar a sensibilidade à insulina

Naqueles que possuem diabetes, ou o pâncreas não consegue produzir insulina suficiente ou as células não respondem à insulina adequadamente, levando à níveis elevados de açúcar no sangue.

A canela pode auxiliar na redução do açúcar sanguíneo e combater a diabetes ao imitar os efeitos da insulina e aumentar o transporte de glicose para dentro das células.

A canela pode também auxiliar na diminuição do açúcar sanguíneo ao elevar a sensibilidade à insulina, tornando a insulina mais eficiente em mover glicose para dentro das células.

Um estudo de sete homens mostrou que consumir canela elevou a sensibilidade à insulina imediatamente após a ingestão, com o efeito durando pelo menos 12 horas.

 

3. Canela diminui o açúcar no sangue e pode diminuir a hemoglobina glicada

Diversos estudos controlados têm demostrado que a canela é excelente em reduzir o açúcar sanguíneo em jejum. Uma revisão com 543 indivíduos com diabetes tipo 2 encontrou que a ingestão de canela esteve associada com uma diminuição média superior a 24 mg/dL (1,33 mmol/L).

Enquanto esses resultados são bastante claros, estudos investigando os efeitos da canela na hemoglobina glicada – uma medida de controle a longo prazo do açúcar sanguíneo -, produziram resultados conflitantes.

Alguns estudos reportaram diminuição significativa na hemoglobina glicada, enquanto outros reportaram nenhum efeito.

Esses resultados conflitantes podem ser parcialmente explicados por diferenças na quantidade de canela consumida e no controle prévio do açúcar sanguíneo dos participantes.

 

4. Canela diminui o açúcar sanguíneo após refeições

Dependendo do tamanho da refeição e a quantidade de carboidratos que possui, os níveis de açúcar sanguíneos podem aumentar dramaticamente quando você termina de comer.

Essas flutuações do açúcar sanguíneo podem aumentar os níveis de estresse oxidativo e inflamação, o que tende a fazer um grande estrago nas células do seu corpo e pode te colocar em risco para desenvolver doenças crônicas.

A canela pode auxiliar a manter controlados esses picos de açúcar no sangue após as refeições. Alguns pesquisadores dizem que a canela faz isso ao diminuir a velocidade com que os alimentos se esvaziam do estômago.

Um estudo encontrou que consumir 6 gramas (1,2 colheres de chá) de canela com uma porção de arroz doce levou a um esvaziamento mais lento do estômago e menor elevação de açúcar sanguíneo, quando comparado à comer apenas o arroz doce sem canela.

Outros estudos sugerem que a canela pode diminuir o açúcar no sangue após refeições ao bloquear enzimas digestivas que quebram carboidratos no intestino delgado.

 

5. Canela pode diminuir o risco de complicações comuns da diabetes

Essa especiaria faz mais do que diminuir o açúcar no sangue em jejum e diminuir os picos de açúcar no sangue após refeições. Ela pode também diminuir o risco de complicações comuns da diabetes.

Pessoas com diabetes tem duas vezes mais risco de doença cardíaca do que pessoas sem diabetes. A canela pode auxiliar na redução desse risco ao melhorar os fatores de risco estabelecidos para doença cardíaca.

Uma revisão de estudos controlados em pessoas com diabetes tipo 2 encontrou que o consumo de canela esteve associado com uma diminuição média do LDL-colesterol (o “ruim”) de 9,4 mg/dL (0,24 mmol/L) e uma diminuição de triglicerídeos de 29,6 mg/dL (0,33 mmol/L). Também foi reportado uma média de aumento de 1,7 mg/dL (0,044 mmol/L) do HDL-colesterol (o “bom”).

Além disso, outro estudo descobriu que a suplementação de 2 gramas de canela por 12 semanas reduziu significativamente a pressão arterial sistólica e diastólica.

Curiosamente, a diabetes tem sido cada vez mais implicada no desenvolvimento da doença de Alzheimer e outras demências, com muitas pessoas se referindo à doença de Alzheimer como “diabetes tipo 3”.

Estudos sugerem que o extrato de canela pode diminuir a habilidade de duas proteínas – beta-amiloide e tau – de formar placas e emaranhados, que são rotineiramente associados ao desenvolvimento da doença de Alzheimer.

Entretanto, essa pesquisa foi apenas completada em tubos de ensaio e animais. Mais estudos realizados em humanos são necessários para confirmar esses achados.

 

Você deve estar se perguntando:

 

Ceilão vs Cassia: Qual é o melhor?

A canela é tipicamente agrupada em dois diferentes tipos: Ceilão e Cassia.

A canela Cassia pode ser derivada a partir de algumas espécies diferentes das árvores Cinnamomum. É geralmente mais barata e encontrada na maioria dos produtos alimentícios, bem como no corredor de especiarias do seu mercado.

canela-cassia

 

A canela Ceilão, por outro lado, é especificamente derivada da árvore Cinnamomum verum. É tipicamente mais cara e menos comum que a Cassia, porém estudos têm mostrado que a canela Ceilão contém mais antioxidantes. Por conter mais antioxidantes, é possível que a canela Ceilão possa fornecer maiores benefícios à saúde.

canela-ceilao

No entanto, apesar de vários estudos em tubos de ensaio e em animais terem enfatizado os benefícios da canela Ceilão, a maioria dos estudos demonstrando os benefícios em humanos utilizaram a variedade Cassia.

 

É sempre bom lembrar que:

 

Algumas pessoas devem tomar cuidado com a canela!

A canela Cassia não contém apenas menos antioxidantes, é também rica em uma substância potencialmente prejudicial chamada cumarina, uma substância orgânica encontrada em várias plantas.

Diversos estudos têm mostrado que a cumarina pode ser tóxica ao fígado, causando preocupação de que possa gerar danos ao fígado em humanos também.

Consequentemente, a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar fixou uma dose diária tolerável de ingestão para cumarina de 0,045 mg por libra (0,1 mg/kg).

Utilizando níveis médios de cumarina para a canela Cassia, isso pode ser equivalente a meia colher de chá (2,5 gramas) de canela por dia para um indivíduo de 75 kg.

Como você pode ver, a canela Cassia é particularmente rica em cumarina e você pode facilmente consumir mais do que o limite máximo ao ingerir suplementos de canela Cassia ou até comendo grandes quantidades em seus alimentos.

Entretanto, a canela Ceilão contém quantidades muito pequenas de cumarina, e seria difícil consumir mais do que a quantidade recomendada nesse tipo.

Além disso, pessoas com diabetes que tomam medicamentos ou insulina deveriam ter cuidado ao adicionar canela à sua rotina diária. A adição de canela além do seu tratamento atual pode colocá-lo em risco de baixo açúcar no sangue, o que é conhecido como hipoglicemia.

Hipoglicemia é uma condição potencialmente fatal, portanto é recomendado que converse com o seu médico sobre incorporar a canela no seu manejamento da diabetes.

Por fim, crianças, mulheres grávidas e outros com históricos médicos extensivos devem conversar com seus médicos para verificar se os benefícios da canela superam os riscos.

 

E se você ficou com dúvida:

 

Qual a quantidade que devo ingerir?

Os benefícios da canela para diminuição dos níveis de açúcar no sangue já foram bem estudados. Apesar disso, não se chegou a um consenso em relação ao quanto você deveria consumir para colher os benefícios ao mesmo tempo que evita os riscos potenciais.

Estudos tem tipicamente utilizado entre 1 a 6 gramas por dia, tanto como suplemento ou como pó adicionado aos alimentos. Um estudo reportou que o açúcar no sangue de pessoas ingerindo 1, 3 ou 6 gramas diariamente, todos diminuíram para a mesma quantidade.

Considerando que as pessoas com a menor dose obtiveram os mesmos benefícios que aqueles com a maior dose, pode não ser necessário ingerir doses maiores.

Além disso, alguns estudos têm mostrado que a cumarina presente na canela Cassia pode variar. Logo, seria sábio não exceder 0,5 a 1 grama por dia para evitar ultrapassar os valores diários tolerados de ingestão de cumarina.

Menos cuidados podem ser tomados com a canela Ceilão. O consumo de até 1,2 colheres de chá (6 gramas) diariamente pode ser seguro em relação ao conteúdo de cumarina.

Você já sabia que a canela tinha tantos benefícios? Não deixe de compartilhar todas essas dicas em suas redes sociais! Comente abaixo o que achou sobre essa poderosa especiaria!

 

All Nuts | Saudável por Natureza ®

Envie o seu Comentário

Assine nossa Newsletter

Inscreva-se agora e receba nossas novidades, promoções e últimas notícias.

blog sobre alimentação saudávelReceba Conteúdo ExclusivoAprenda como ter mais saúde, energia e disposição. Conteúdos exclusivos, dicas, notícias, receitas e novidades compartilhadas apenas com a nossa lista de assinantes.
 
É na All Nuts que fico sabendo o que é bom para minha saúde e nutrição. Recomendo!
 
depoimento sobre alimentacao saudavel
Dr. Paulo Barreto @drpaulobarreto